Câmara de SP promove evento para divulgar cardiopatia congênita

Médicos cirurgiões que se destacam no tratamento de crianças foram homenageados

Câmara promove evento para divulgar cardiopatia congênita. O médico Adib Jatene desenvolveu uma técnica que ajudou a salvar muitas crianças que nasceram com cardiopatia congênita.

A Câmara Municipal juntamente com a Associação de Apoio à Criança Cardiopata – Pequenos Corações (AACC) promoveram um evento, nesta sexta-feira (18/06), com o objetivo de conscientizar a população quanto a cardiopatia congênita. Na ocasião, médicos cirurgiões responsáveis por salvar muitas vidas de crianças cardiopatas foram homenageados.

A cardiopatia congênita é uma doença na qual há má-formação da estrutura ou função do coração. É o defeito congênito mais comum e uma das principais causas de mortes relacionadas às más formações.

O vereador Eliseu Gabriel (PSB) foi o proponente da sessão. “É uma honra estar engajado nesta luta. Fiquei muito surpreso em saber como é o drama das mães e que 1% das crianças pode nascer com defeito no coração”, disse o vereador, autor do PL184/2010, que está tramitando na Câmara e que propõe a criação do Dia Municipal da Conscientização da Cardiopatia Congênita a ser comemorado no12 de junho.

O médico e ex- Ministro da Saúde, Adib Jatene, esteve presente para alegria de muitas mães, já que ele é o responsável por desenvolver uma técnica cirúrgica específica para corrigir as cardiopatias congênitas nas crianças, que ficou conhecida como Operação de Jatene. “Tivemos que aprender porque os estudos estavam apenas começando no mundo inteiro. Atualmente há uma falta de organização para que as crianças cheguem aos serviços especializados. Por isso a importância de se comemorar o Dia da Conscientização da Cardiopatia Congênita. Por parte dos médicos já há um grande preparo”, afirmou Jatene.

Além de Adib Jatene também foram homenageados os médicos cirurgiões: José Pedro da Silva, Gláucio Furlanetto (Instituto Furlanetto), Marcelo Biscegli Jatene, Miguel Lorenzo Barbero-Marcial, Lílian M. Lopes e Regina Amuri Varga. Durante o evento também aconteceu uma palestra com a cardiologista e especialista em Ecocardiografia Infantil e Fetal, Lilian Maria Lopes.

Márcia Adriana Saia Rebordões, presidente da Pequenos Corações, comentou a importância da conscientização. “Com o diagnóstico precoce, até mesmo na gestação, é possível resolver os problemas mais graves”, informa ela.

Fotos: Juvenal Pereira

Fonte: Amigos do coração

TOP